Novo RG digital começa a valer, veja o prazo para trocar o documento e como pedir

Novo RG digital começa a valer, veja o prazo para trocar o documento e como pedir

Os cidadãos terão um prazo adequado para trocar o atual RG pelo novo documento que trará muito mais modernidade e segurança

A nova Carteira Nacional de Identificação, popularmente chamada de RG digital, já começou a valer. O novo modelo do RG já está em vigor em todo o território nacional desde o dia 1º de março.

Apesar de já estar valendo, os cidadãos terão um prazo adequado para trocar o atual RG pelo novo documento que trará muito mais modernidade e segurança para os cidadãos.

O novo RG digital terá o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), como o número oficial do documento, ou seja, o cidadão não terá mais um número específico para o RG e outro para o CPF.

Existem diversos motivos que fez com que o governo implementasse o novo RG, dentre eles, a adição de mais itens de segurança para o documento.

A implementação do QR Code, que permitirá a verificação online e offline do documento, e a modernização do documento para o padrão do Mercosul.

Contudo, o principal ponto que fez com que o governo adotasse o novo RG está justamente na maneira como o RG era emitido em cada Estado brasileiro.

Isso porque, cada estado emitia sua própria numeração de RG, assim, caso o cidadão tirasse a primeira via em um estado e solicitasse a segunda via em outro, o cidadão teria dois números de RG.

Ao final de toda essa conta, cada cidadão na prática conseguiria ter até 27 números de RG no Brasil, o que é um grande retrocesso no país frente aos documentos de identificação dos brasileiros.

Agora que a Carteira de Identidade será unificada com o CPF, onde o próprio CPF é emitido uma única vez em todo país, não haverá essa grande "falha" em ter diversos números de RG diferentes.

Apesar de já estar valendo, os brasileiros terão um prazo até 2032 para trocar o documento que possuem atualmente, pelo novo modelo do RG.

Assim, o atual documento ainda terá uma validade de 10 anos para a população com até 60 anos, sendo assim, existe um grande tempo hábil para que toda a população troque o documento sem desespero ou preocupação.

A solicitação do novo RG já pode ser feita, contudo, devido aos níveis de mudança, o governo federal estabeleceu o prazo até março de 2023, para que os órgãos de identificação dos estados se adequem às mudanças para emissão do documento.

Assim, o primeiro passo para tirar o novo RG é se dirigir a algum órgão de identificação do cidadão como o Poupa Tempo e Expresso Cidadão para questionar se o seu estado já está emitindo o novo documento.

Caso já esteja emitindo, basta levar a certidão de nascimento ou certidão de casamento para que seja solicitado o novo RG digital.

O documento será entregue em duas versões, a primeira delas em papel de segurança ou em cartão de policarbonato (plástico), e o outro, que estará disponível digitalmente pelo celular através do aplicativo gov.br.

Caso o seu estado ainda não esteja emitindo o novo RG e não for informado quando começará a emissão, o cidadão deverá aguardar até março de 2023 para poder solicitar o documento.

Informações: jornalcontabil.com.br
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.anoticiadocaparao.com.br/

Cron Job Iniciado